“Num casamento, o importante não é a esposa, é a sogra. Uma esposa limita-se a repetir as qualidades e os defeitos da própria mãe.”

“O homem começa a morrer na sua primeira experiência sexual.”

“O ‘homem de bem’ é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”

“Em nosso século, o ‘grande homem’ pode ser, ao mesmo tempo, uma boa besta.”

“O adulto não existe. O homem é um menino perene.”

“O amor entre marido e mulher é uma grossa bandalheira. É abjeto que um homem deseje a mãe de seus próprios filhos.”

“O sábado é uma ilusão.”

“Não acredito em honestidade sem acidez, sem dieta e sem úlcera.”

“Na vida, o importante é fracassar.”

“O Natal já foi festa, já foi um profundo gesto de amor. Hoje, o Natal é um orçamento.”

“Não damos importância ao beijo na boca. E, no entanto, o verdadeiro defloramento é o primeiro beijo na boca. A verdadeira posse é o beijo na boca, e repito: – é o beijo na boca que faz do casal o ser único, definitivo. Tudo mais é tão secundário, tão frágil, tão irreal.”

“Eu me nego a acreditar que um político, mesmo o mais doce político, tenha senso moral.”

“O óbvio também é filho de Deus.”

“Deus está nas coincidências.”

12