“Uma árvore em flor fica despida no outono. A beleza transforma-se em feiura, a juventude em velhice e o erro em virtude. Nada fica sempre igual e nada existe realmente. Portanto, as aparências e o vazio existem simultaneamente.”

“Terroristas não saqueiam para possuir, nem matam para saquear. Matam para punir e purificar através do sangue.”

“A arte sempre foi isto – interrogação pura, questão retórica sem a retórica – embora se diga que aparece pela realidade social.”

“O que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas.”

“Enferrujam- se os arames e os ferros, cobrem-se os panos de mofo, detrança-se o vime ressequido, obra que em meio ficou não precisa envelhecer para ser ruína.”

“É um erro confundir dó com amor.”

“Bobagem, eu não ficarei rotulado de autor de livros de terror por causa disso.”

“Filme de terror é um gênero fora-da-lei.”

“Às vezes, quando você inova, comete erros. É melhor admiti-los rapidamente e continuar a melhorar suas outras inovações.”

“Os erros passam, a verdade fica.”

“Você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida, ou como um resultado que aponta uma nova direção.”

“O erro é uma coisa positiva, porque, por ele, chega-se a descobrir a verdade.”

“A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar.”