“A pobreza e a preguiça andam sempre em companhia.”

“Os elogios de maior crédito são os que os nossos próprios inimigos nos tributam.”

“O homem mais sábio é necessariamente o mais religioso.”

“A religião é necessária ao homem feliz para não abusar, ao infeliz para não desesperar.”

“Ninguém é grande homem em tudo e em todo o tempo.”

“O homem que despreza a opinião pública é muito tolo ou muito sábio.”

“Quando defendemos os nossos amigos, justificamos a nossa amizade.”

“Ninguém duvida tanto como aquele que mais sabe.”

“A ambição é um enredo que nos enreda por toda a vida.”

“O interesse explica os fenômenos mais difíceis e complicados da vida social.”

“Em vão procuramos a verdadeira felicidade fora de nós, se não possuímos a sua fonte dentro de nós mesmos.”

“É mais útil algumas vezes a extirpação de um erro que a descoberta de muitas verdades.”

“O remorso é no moral o que a dor é no físico da nossa individualidade: advertência de desordens que se devem reparar.”

“Trabalho honesto produz riqueza honrada.”