“Às vezes eu me perguntava se via as mesmas coisas que o resto do mundo. Talvez houvesse um problema no meu cérebro.”

“Ele abriu o tipo de sorriso que teria feito meu coração parar se ele ainda estivesse batendo.”

“Meu coração não batia há quase noventa anos, mas isso era diferente. Era como se meu coração não estivesse ali?, como se eu estivesse oco. Como se eu tivesse deixado contigo tudo o que havia aqui dentro.”

“Eu tenho cara de que? Magico de OZ? Você precisa de um cérebro? Precisa de uma coração? Venha aqui, pegue o meu. Leve tudo que tenho.”

“Saudade é uma dor inexplicável, parece que o tempo pára. E não há distração que o faça passar. Não sei o que faço com meus dias que parecessem ser tão compridos, nem como cessar os meus pensamentos quando a noite chega. É como estar sozinha, sem estar.”

“A violência é parte de sua escolha de vida. A sua definição de humano não é igual à minha. Para você, isso significa algo… Negativo. Para mim, é um elogio.”

“Ninguém te contou ainda? A vida não é justa.”

“Salvar sua vida tinha sido a única coisa certa que eu fiz desde que a conheci. A única coisa de que não me envergonhava… A única coisa que me deixava feliz em existir!”

“Por quê pode acreditar na mentira, mas não na verdade?”

“Proibida de pensar, morrendo de medo de esquecer, era uma linha difícil de seguir.”

“Proibida de lembrar, com medo de esquecer, era uma situação limite.”

“Durma, minha Bella. Tenha sonhos felizes. Você foi a única que tocou meu coração. Serei sempre seu. Durma, meu único amor.”

“Mas esse era um futuro distante que morrera muito antes de ter a chance de viver.”

“Das nuvens eu posso cuidar, mas não posso lutar contra um eclipse.”